A Academia brasileira de Ciências Contábeis, representada pela sua presidente, a contadora Maria Clara Cavalcante Bugarim, esteve entre as entidades que participaram, na capital pernambucana de Recife, da décima edição da Convenção dos Contabilistas de Pernambuco (X CCP) – realizado pelo Conselho Regional de Contabilidade de Pernambuco (CRCPE), nos dias 2, 3 a 4 de outubro.
Reunidos para debater a contabilidade na realidade social e econômica do país, profissionais e estudantes do curso de Ciências Contábeis acompanharam a abertura solene com uma mesa de honra composta pelos presidentes Maria Clara Bugarim, da Abracicon; José Campo, do CRCPE e anfitrião do evento; José Martonio, do Conselho Federal de Contabilidade (CFC); Albério de Morais (SESCAP-PE), e Josivaldo Justino (Sindicont-PE). A desembargadora do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Érika de Barros Lima Ferraz e o diretor superintendente do Sebrae-PE, Oswaldo Ramos, também compuseram a mesa.

Em seu discurso, a presidente da Abracicon falou da satisfação em participar do evento em Recife. “Sempre que retorno a este lugar me sinto feliz e satisfeita de encontrar grandes amigos de jornada, pois essa terra me abraça e acolhe.” Maria Clara citou ainda a dedicação do Nordeste ao ‘fazer contábil’. “A força do Nordeste para as transformações do cenário contábil brasileiro é o que me orgulha, principalmente essa união da classe nordestina”, concluiu.

A atração musical ficou por conta da Orquestra Criança Cidadã. Os jovens músicos possuem no currículo apresentações internacionais, entre elas, uma em Nova York para a celebração dos 70 anos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), com uma plateia repleta de autoridades, presidentes, reis, rainhas e primeiros-ministros do mundo inteiro. Um coquetel dançante foi servido aos convidados, encerrando a noite de abertura da X CCP.

- Presidente da Abracicon ministrou palestra na Convenção

Na tarde da terça-feira, 03, Maria Clara apresentou um dos painéis da X CCP: “O exercício da cidadania e o combate à corrupção”, convidando o público a refletir sobre o atual momento de escândalos e corrupção nas diversas esferas no cenário político e econômico do Brasil.

“Esse problema é de todos, por isso devemos unir forças para fazer um efetivo combate a esse mal que vem prejudicando o nosso país”, desabafou a presidente da Abracicon.