Aconteceu na tarde da última quinta-feira (17/05), o Quintas do Saber, projeto promovido pela Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon), que nesta edição abordou o tema Nova Lei Trabalhista na Prática – O dia a dia e os diferenciais competitivos. A palestra foi realizada no Auditório do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), em Brasília, e foi ministrada por Marlos Augusto Melek, juiz federal do Trabalho, membro da Comissão de Redação Final da Reforma Trabalhista (2017) e autor dos livros "TRABALHISTA! E AGORA? - Onde as empresas mais erram" e "TRABALHISTA! O QUE MUDOU? – Reforma trabalhista 2017".

Para mediar e esclarecer a importante temática o momento ainda contou com a presença da contadora Gardênia Maria Braga de Carvalho, Diretora de Ensino e Pesquisa da Abracicon; contadora Lucélia Lecheta, vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC e ex-Presidente do CRCPR-Gestões 2012/2013 e 2014/2015; e o contador José Martonio Alves Coelho; ex-presidente do CFC- Gestões 2014/2015 e 2016/2017, Medalha “Mérito Contábil João Lyra”, Doutor em Direito e Acadêmico da Abracicon.

O Quintas do Saber teve como objetivos principais discutir o fechamento do ano de 2017, – que registrou um percentual de 12,3 milhões de desempregados no Brasil; a efetividade da Lei Trabalhista para o aumento no número de empregos no país, além de abordar diversos aspectos da antiga Lei Trabalhista. Quando perguntado sobre a absorção das novas regras pela Justiça do Trabalho, Marlos Melek afirmou: “Eu acredito piamente que nós vivemos um momento de transição. Esse momento, na prática, deve levar dois anos, mas para a jurisprudência deve levar mais, cerca de uns cinco anos. O Brasil precisa é de segurança jurídica, pois não existe nenhum país desenvolvido que não tenha segurança jurídica e estabilidade.”