A Evolução da Contabilidade deu o tom ao II Encontro Nacional das Academias Regionais de Ciências Contábeis e à ExpoAbracicon

Sob o lema “A Consolidação e a Evolução do Saber”, profissionais da contabilidade e lideranças contábeis estiveram presentes à Solenidade de Abertura do II Encontro Nacional das Academias Regionais de Ciências Contábeis e da 4ª ExpoAbracicon, que aconteceu no dia 7 de dezembro, no formato on-line, por meio da plataforma Zoom. Os eventos são promovidos pela Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) e pelas 23 Academias Regionais.

A presidente da Abracicon, Maria Clara Cavalcante Bugarim, lamentou a não realização do evento presencial em função do distanciamento social, mas, por outro lado, ressaltou que tal situação “não nos fez retirar o foco das nossas causas maiores, pelo contrário, serviu para nos aproximar ainda mais, apertando os laços da nossa união”.
Ainda em sua fala, Maria Clara deu destaque aos 106 trabalhos científicos, entre eles 98 artigos e 8 livros, que foram desenvolvidos por acadêmicos da Academia Brasileira, às 65 obras (52 artigos e 13 livros) criadas nas Academias Regionais por seus membros.
A solenidade contou ainda com as presenças do presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Zulmir Ivânio Breda, e do presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC) Adeildo Osório de Oliveira.

Os dois eventos já fazem parte do calendário oficial das entidades e têm por objetivo promover o estímulo à produção literária, à apuração da visão crítica e o intercâmbio cultural e social entre os participantes, além de realizar o lançamento de obras publicadas pelos acadêmicos das Academias de todo o Brasil. A primeira edição dos dois eventos aconteceu durante do 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, em Fortaleza.

 

Posse dos Acadêmicos – Durante o Encontro, quatro novos acadêmicos da tomaram posse na Abracicon. Os contadores e professores Fernando Caio Galdi (ES) passou a ocupar a Cátedra 13, que tem como patrono Antonio Lopes de Sá; Diana Vaz de Lima (DF), ocupa agora a Cátedra 34, cujo patrono é Lindomar Antonio Frabro; Rosa Maria Abreu Barros (MG), assume a Cátedra 53, do patrono Hugo Rocha Braga; e Fábio Moraes da Costa assume a Cátedra 66, que tem o patrono Nicolau Schwez. Eles foram eleitos após assembleia realizada em fevereiro de 2020 na sede da Academia Brasileira de Ciências Contábeis, em Brasília (DF).
Para Maria Clara, os novos acadêmicos são proeminentes profissionais da contabilidade, portadores de notório saber, renome e sapiência. “Tenho a certeza de que os profissionais de alto quilate a serem empossados no dia de hoje darão a sua benéfica contribuição no cumprimento dos propósitos maiores desta agremiação de notáveis, que repousam, principalmente, na difusão das Ciências Contábeis; na promoção da valorização educacional, cultural e profissional; e no desenvolvimento e estímulo do conhecimento científico, filosófico e tecnológico das Ciências Contábeis”.

 

Augusto Cury – Com a palestra “Gestão da Emoção - Qualidade de Vida no Século XXI”, o psiquiatra, professor e escritor brasileiro Augusto Cury foi uma das atrações mais esperadas do Encontro. Com mais de 15 milhões de livros vendidos e mais de 60 livros publicados em dezenas de países, é considerado o autor mais lido da última década com seu best-seller O Vendedor de Sonhos, adaptado para o cinema em 2016.

Idealizador da Teoria da Inteligência Multifocal, que analisa o processo de construção dos pensamentos. Criador da AGE – a primeira Academia de Gestão da Emoção online -, que já transformou as vidas de mais de 25 mil alunos através dos cursos e treinamentos com as ferramentas de Gestão da Emoção.

Caso você não tenha acompanhado o II Encontro Nacional das Academias Regionais de Ciências Contábeis e todas as atrações ou queira assistir novamente, o evento foi disponibilizado na íntegra no Canal do YouTube da Abracicon. Basta clicar no link: https://bit.ly/33VKcWI